Fim de ano chegando, festas, confraternizações e férias da criançada. Neste período é importante reforçar a atenção com a segurança da residência. Para aqueles que optam por viajar, é importante comunicar ao síndico que estará ausente para que os trâmites administrativos sejam reforçados, garantindo a segurança das unidades. Já para aqueles que aproveitam as férias em casa frequentando o playground, a piscina, o salão de jogos e demais áreas de lazer, é importante se atentar para algumas orientações.

As crianças devem estar sempre acompanhadas por um responsável nas áreas de lazer. Não é recomendado que menores de 10 anos circulem sozinhos nos elevadores e por medida de segurança o condomínio deve reforçar a supervisão para que crianças não brinquem na garagem, rampas de acesso, escadas e locais que apresentem perigo.

Os condomínios que possuem área de lazer infantil devem se prevenir revisando os equipamentos destas áreas com o objetivo de proporcionar conforto e segurança aos condôminos que terão oportunidade de usufruir por mais tempo destas áreas, principalmente as crianças.

As piscinas também precisam ser revisadas, observando-se as sinalizações e informações adequadas aos moradores e pais que utilizam o espaço com seus filhos. Além do cumprimento da legislação, é importante avaliar se o mobiliário e a piscina estão adequadas ao aumento na frequência dos condôminos e visitantes, mas principalmente se não oferecem risco aos frequentadores. Todo o mecanismo de interrupção da sucção, kit de primeiros socorros, disponibilização do guarda vidas devem ser observados, prevenindo acidentes graves. Além de cercas e avisos sobre a profundidade os ralos da piscina não podem ocorrer sucção e o condomínio deve atender as especificações da ABNT 10.339.

Não menos importante, tenha um plano de segurança que abranja o controle de visitantes, trânsito de animais e monitoramento das áreas externas, além de rondas periódicas.

E por último divulgue as normas, limites e horários para todos os moradores evitando conflitos no período de férias. É importante que o Regulamento Interno seja relembrado para que as regras de boa convivência prevaleçam, principalmente no período de férias.

Gostou do post? Deixe seu comentário e até a próxima.

Autor

Escreva um comentário