Um dos maiores problemas enfrentados pelos síndicos e gestores condominiais é a inadimplência. Mesmo com experiência em gestão e organização financeira. Entretanto, por vários motivos, muitos condôminos atrasam a quitação da taxa mensal, fatores como a instabilidade econômica, desemprego reforçam os obstáculos em lidar com este problema.

Inicialmente é necessário que o síndico planeje e descreva os prazos de cobrança os quais devem ser aprovados em assembleia, cujas regras fazem que o condomínio tenha segurança jurídica em uma eventual disputa judicial. Monitorar os valores arrecadados, e efetuar uma análise crítica se o os mesmos são suficientes para todas as contas ordinárias, gestão das manutenções futuras e despesas previstas no condomínio, também deverá prever no mínimo 10% para o fundo de reserva pela sobra de arrecadação mensalmente já é um bom começo, pois imprevistos acontecem. Em situações assim, torna-se necessário conhecer estratégias de como evitar a inadimplência no condomínio.

1. Fique de olho nas contas;

2. Entenda o motivo da inadimplência do condomínio;

3. Organize um feirão de pagamento;

4. Realize cobranças rápidas e proponha acordos com inadimplentes;

5. Notifique os condôminos sobre a data de vencimento do pagamento da taxa condominial;

6. Disponibilize de forma prática aos condôminos o boleto para pagamento da taxa condominial;

7. Reduza as despesas e invista na valorização do imóvel;

8. Conscientize os moradores da importância de contribuir;

9. Não deixe a dívida acumular;

10. Tenha um fundo de reserva.

Gostou do post? Deixe seu comentário e até a próxima.

Autor

Escreva um comentário